Luís Rendall, 28 Fevereiro 1898 – 4 Dezembro 1986

Começou a aprendizagem do violão aos 7 anos e estudou solfejo com um cónego português, que o ajudou mais tarde na compreensão do modelo musical brasileiro, as modulações e variações. Alma simpática e que viveu profundamente Cabo Verde, entusiasta incondicional do violão, compôs até ao fim da sua vida, tocando horas e horas incansavelmente, sempre pronto para uma boa serenata, para aquilo que chamava “um bom toque”. Gravou o seu primeiro disco em 1938 em Mindelo, um “single” que foi prensado na Holanda posteriormente. “Música de Cabo Verde”, editado pela Alvorada, “Luis Rendall e o seu conjunto” e o seu último disco “Cabo Verde e o seu grande compositor Luís Rendall” são alguns exemplos discográficos. São de apontar as mornas “Mar Negro”, “Cara d’Santa”, “Pombinha Squiba” abrangendo o seu catálogo centenas de temas. Morreu em Lisboa a 4 de Dezembro de 1986.

Categorias: Guitarristas

© Capital Eventos 2019-2019. Todos os direitos reservados.  Design by Joemidia